Blog

Novas leis eleitorais trazem novos direitos aos portugueses que vivem no estrangeiro
4 de fevereiro de 2019
Semana Santa de Braga decorre de 12 a 21 de Abril
12 de fevereiro de 2019
Mostrar tudo

Braga. O segundo melhor destino da Europa em 2019

A cidade de Braga ficou na segunda posição, com 59.092 votos, atrás de Budapeste, na votação para “Melhor Destino Europeu 2019”.

Trata-se de um prémio anual promovido pela European Best Destinations. A diferença entre as duas urbes foi de apenas três mil votos

Fonte da organização disse ao JN que a capital da Hungria foi votada 62.128 vezes num escrutínio online que decorreu entre os dias 15 de janeiro e 05 de fevereiro.

O prémio tinha um total de 20 cidades nomeadas, numa lista em que Braga era a única cidade portuguesa.

“É um enorme orgulho. O Município agradece a todas as instituições e cidadãos que apoiaram Braga”. É assim que o presidente da Câmara de Braga Ricardo Rio reage, em declarações ao JN, à notícia de que a cidade foi considerada o segundo melhor destino europeu. O autarca sublinha que a classificação obtida vai trazer “enorme visibilidade a Braga no futuro, com as consequentes vantagens em termos de turismo e negócios”.

A vencedora foi Budapeste, uma das cidades mais visitadas e mais premiadas do continente europeu, que recolheu quase mais 20 mil votos que Wroclaw, cidade da Polónia que venceu em 2018. Nesta edição de 2019, as 15 cidades distinguidas foram: Budapeste (62.128 votos); Braga (59.092 votos); Monte Isola (56.024); Metz (52.569); Poznan (43.057); Málaga (36.485); Genebra (31.112); Cavtat (26.943); Bratislava (24.749); Sainte-Maxime (20.458); Dinant (17.122); Atenas (16.024); Kotor (14.882); Riga (12.024 e Florença (10.068).

A European Best Destinations (EBD) é uma organização com sede em Bruxelas, na Bélgica, que tem como missão promover a cultura e o turismo na Europa.

Desde 2009, a EBD tem trabalhado com os maiores postos de Turismo da Europa para reconhecer e divulgar os destinos mais visitados, através do seu website e redes sociais (mais de 5,5 milhões de viajantes e milhares de seguidores no Facebook, Twitter, Google+ e Pinterest e 70 milhões de euros em cobertura nos media)”, pode ler-se no seu site.

Lisboa venceu o galardão em 2010 e 2015, e o Porto em 2012, 2014 e 2017.

Fonte: https://www.jn.pt/