fbpx

Blog

Câmara de Viana vai por vasos de flores nas varandas do centro histórico
27 de setembro de 2019
Neve vai pintando as zonas mais altas de Portugal
14 de novembro de 2019
Mostrar tudo

“Encontro de Culturas” apela à integração e interculturalidade na cidade de Viana do Castelo

O evento “Encontro de Culturas”, que se realiza no dia 12 de outubro no Centro Cultural de Viana do Castelo com a mostra de sabores às 20H00 e início do espetáculo às 21H30, vai integrar migrantes do Brasil, São Tomé e Príncipe, Nepal, Irlanda, Itália e Venezuela para dar a conhecer tradições e gastronomia. Uma iniciativa que visa a inclusão e aproximação das culturas com a partilha de sentidos e emoções, dentro e fora do palco.
A edição de 2019 do “Encontro de Culturas”, organizada pela Associação de Grupos Folclóricos do Alto Minho (AGFAM), com o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo, conta com a participação de 22 associações, entre elas 15 grupos folclóricos associados da AGFAM, bandas e escolas de música, escolas de dança, grupos de teatro, pintores, comunidades estrangeiras a residir na nossa cidade e ainda alguns convidados individuais.
O espetáculo, multifacetado, vai presentear o público com uma variedade de fragmentos culturais da região, de Portugal e do mundo. Propõe-se um evento multicultural, que vai fundir as artes, as tradições e a gastronomia, perspetivando o passado, o presente e o futuro.
Este Encontro de Culturas irá acolher culturas de outros países, comunidades residentes em Viana do Castelo, que acederam ao convite e, numa perspetiva de inclusão, darão colorido às suas bandeiras culturais em várias áreas. Conta-se com a presença do Brasil, São Tomé e Príncipe, Itália, Nepal, Irlanda, entre outros.
“Este espetáculo cultural pretende abraçar o mundo, como a nossa cidade abraça estas comunidades. Está a ser preparado um espetáculo onde a multiculturalidade pode ser vivenciada, sentida e ouvida. Pretendemos transmitir uma mensagem de respeito, aceitação, integração e partilha”, afirma José Manuel Faria, presidente do Grupo Folclórico de Alvarães, grupo responsável pela coordenação do evento na edição deste ano.
A representação, realizada por atores amadores, envolve as tradições, a dança, a música, as canções, a pintura, a poesia, o artesanato, o teatro e a gastronomia. Salienta-se que o evento inicia e finaliza com uma mostra/prova de sabores das várias culturas.