fbpx

Blog

Mordomas de Viana carregam 94 milhões de euros em ouro
22 de fevereiro de 2022
VAI SER LANÇADO LIVRO QUE EXPLICA “BASTIDORES DAS FESTAS D`AGONIA” A BRASILEIROS E LUSODESCENTES
1 de agosto de 2022
Mostrar tudo

Oitocentas mordomas exibem 94 milhões de euros em ouro durante desfile da Romaria d’Agonia

As oitocentas mordomas que este ano se preveem desfilar pelas ruas de Viana do Castelo num dos números emblemáticos da Romaria d’Agonia, vão carregar mais de 94 milhões de euros em centenas de quilos de peças de ouro.

A estimativa feita à agência Lusa por Vítor Coutinho, proprietário de uma das mais antigas ourivesarias de Viana do Castelo, com base no número de inscrições que a VianaFestas fixou para o desfile deste ano, a quantidade de peças usadas por cada mulher e, o preço de hoje, da grama do ouro.

A entidade promotora das festas da capital do Alto Minho, prevendo um aumento de interessadas no desfile, depois de dois anos de ausência daquele número que todos os anos atrai milhares de pessoas à cidade, estabeleceu um limite de participação a 800 mordomas no desfile que vai decorrer no dia 18 de agosto.
“Para este ano prevemos muita vontade de participação no desfile da mordomia, tal como em todos os momentos da festa. Prevemos atingir ou ultrapassar o número de mordomas da edição de 2019, contudo estamos conscientes que, para ser possível a organização do desfile pelas ruas da cidade, teremos que limitar a participação a um número máximo de 800 mordomas”, disse hoje à Lusa Ana Sofia Araújo, responsável pela organização daquele número.

Ana Sofia Araújo explicou que a decisão da Comissão de Festas “relaciona-se com toda a logística organizadora do desfile e pensando também em quem o vem ver”.
“Queremos a participação das freguesias com todo o colorido do seu trajar. Queremos mostrar a alegria da festividade e, claro, a chieira natural das mulheres de Viana”, sublinhou.

A estimativa do ourives Vítor Coutinho do valor total do ouro que as 800 mordomas vão usar foi calculado com base no preço, de hoje, da grama do ouro, 47 euros, e nos 2,5 quilogramas, em média, que cada uma das mulheres transporta naquela que é considerada a maior montra de trajes e ouro ao ar livre do país.

Em 2013, à Lusa, o ourives Manuel Freitas, um dos maiores especialistas no ouro tradicional de Viana do Castelo, entretanto falecido, estimou que cada mordoma transporta, em média, entre um e 2,5 quilogramas.

“Com base nessa estimativa do doutor Manuel Freitas, e no número previsto de mulheres que vão desfilar, estamos a falar de mais de 94 milhões de euros em ouro. É um valor indicativo, porque depende do preço da grama de ouro, em agosto e porque há mordomas que usam mais e, outras, menos peças. No entanto, estamos a falar de muito ouro e de muito dinheiro”, sublinhou Vítor Coutinho.

Veja mais em: https://www.altominho.tv/